quinta-feira, 24 de março de 2011

Você...





Eu andava só por uma estrada sem fim. O vento batia no meu rosto e me fazia lembrar que, como ele, eu não sabia para onde eu iria. Estava perdida... A estrada não tinha luz. Sentia-me um barco sem cais, perdido no oceano. Mas algo iluminou meus olhos e fez meu coração voltar a viver. As trevas que me amedrontavam, tornaram-se apenas lembranças. Você surgiu na minha vida e trouxa a paz do seu sorriso, o encanto da sua voz, a segurança do seu abraço. A única bagunça que você fez foi fazer meu músculo cardíaco viver em intensa atividade. Você mudou meus conceitos, minhas leis e me mostrou o melhor de amar. Hoje tenho cais. Hoje tenho caminho. Escolhas.Tenho você: minha melhor escolha. Eu te amo, e isso basta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário